Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Engenharia Florestal
Início do conteúdo da página

Graduação em Engenharia Florestal

Publicado: Quinta, 15 de Janeiro de 2015, 17h21 | Última atualização em Segunda, 02 de Fevereiro de 2015, 19h46 | Acessos: 2682


.::Perfil Profissional::.

O curso de Engenharia Florestal deve ensejar como perfil: sólida formação científica e profissional geral que possibilite absorver e desenvolver tecnologia; capacidade crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade; compreensão e tradução das necessidades de indivíduos, grupos sociais e comunidade, com relação aos problemas tecnológicos, socioeconômicos, gerenciais e organizativos, bem como a utilização racional dos recursos disponíveis, além da conservação do equilíbrio do ambiente; e capacidade de adaptação, de modo flexível, crítico e criativo às novas situações.

.::O Curso::.

O curso de Engenharia Florestal deverá formar um profissional esteja preparado para:

  • estudar a viabilidade técnica e econômica, planejar, projetar, especificar, supervisionar, coordenar e orientar tecnicamente;
  • realizar assistência, assessoria e consultoria;
  • dirigir empresas, executar e fiscalizar serviços técnicos correlatos;
  • realizar vistoria, perícia, avaliação, arbitramento, laudo e pareceres técnicos;
  • desempenhar cargo e função técnica;
  • promover a padronização, mensuração e controle de qualidade;
  • atuar em atividades docentes no ensino técnico profissional, ensino superior, pesquisa, análise, experimentação, ensaios e divulgação técnica e extensão;
  • conhecer e compreender os fatores de produção e combiná-los com eficiência técnica e econômica;
  • aplicar conhecimentos científicos e tecnológicos;
  • conceber, projetar e analisar sistemas, produtos e processos;
  • identificar problemas e propor soluções;
  • desenvolver e utilizar novas tecnologias;
  • gerenciar, operar e manter sistemas e processos;
  • comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica;
  • atuar em equipes multidisciplinares;
  • avaliar o impacto das atividades profissionais nos contextos social, ambiental e econômico;
  • conhecer e atuar em mercados do complexo agroindustrial e de agronegócio;
  • compreender e atuar na organização e gerenciamento empresarial e comunitário;
  • atuar como empreendedor;
  • conhecer, interagir e influenciar nos processos decisórios de agentes e instituições, na gestão de políticas setoriais.
registrado em:
Fim do conteúdo da página